Acesse o nosso site: www.yabatur.com

terça-feira, dezembro 20, 2011

Nana Caymmi retorna aos palcos da Capital baiana no dia 13 de janeiro de 2012

Local: TCA -Sala Principal.
Valores: R$70,00, 50 e 30 meia entrada*.
Solicitações e reservas televendas; 71 9141-0487 ou solicitações via e-mail para; yabatur@gmail.com
*valores sujeitos a cobrança de conveniência e entrega de acordo com a localidade.

sexta-feira, dezembro 16, 2011

"CARTAS DE AMOR PARA STALIN", COM BETE COELHO E O ATOR BAIANO RICARDO BITTERCOURT


CARTAS DE AMOR PARA STALIN

BETE COELHO E RICARDO BITTENCOURT PROTAGONIZAM A PEÇA

Bete Coelho e Ricardo Bittencourt protagonizam a peça “Cartas de Amor para Stalin”, texto inédito do espanhol Juan Mayorga que ganha no país tradução de Manuel da Costa Pinto e direção do baiano Paulo Dourado. O drama é inspirado em um caso supostamente verídico envolvendo o intelectual russo Mikhail Bulgakov – um dos maiores escritores e dramaturgos soviéticos da década de 30 – e o ditador Josef Stalin.
Na trama, Bulgakov (Bittencourt) é um artista recluso e inconformado por ver sua obra desaparecer do país sob regime ditatorial. Eis que um dia recebe uma ligação telefônica: do outro lado da linha está o próprio Stalin, que confessa ser seu admirador. Mas a ligação cai e a partir deste impasse o dramaturgo Mayorga cria uma história densa, focada na desesperada tentativa do escritor de estabelecer um contato com o líder soviético através de cartas que ele nunca responde. Apesar dos apelos da mulher (Bete), Bulgakov entra em um processo paranoico em que se misturam realidade e alucinação.
A montagem é o terceiro trabalho da companhia BR 116, capitaneada por Bittencourt e Bete Coelho. “Trabalhamos textos que entendemos ter uma necessidade urgente em ser ditos, uma necessidade de dizer coisas que nós achamos extremamente atuais”, afirma o ator Ricardo Bittencourt. Em "Carta de Amor para Stalin", o  grupo leva ao palco um espetáculo que transcende a referência histórica e estabelece um debate entre o poder estatal e a arte. “A proposta da montagem é utilizar o texto original e homônimo do dramaturgo espanhol como ponto de partida para uma ampla reflexão sobre a condição do artista e o papel da arte nas sociedades contemporâneas”, afirma a atriz Bete Coelho.
Convidado pelo conterrâneo Bittencourt para a direção do projeto, Paulo Dourado aponta mais um aspecto importante da obra.  “Em tempos de democracia, talvez principalmente por isso, a montagem do espetáculo torna-se relevante no sentido de afirmar a importância do diálogo, da tolerância, do respeito à diversidade, do respeito à liberdade de expressão e de criação artística”, completa.


TEATRO -  Dias 20 e 21 de dezembro no TCA-Sala principal
Horário: 21 horas
Ingressos (inteira): R$ 30,00*


*valores sujeitos à cobrança de conveniência e taxa de entrega.

segunda-feira, dezembro 12, 2011

Temos bloqueio Carnaval - Santiago, Buenos Aires e Nova Iorque. Solicite seu pacote agora para; yabatur@gmail.com ou ligue para platão yabatur; 71 9141-0487.

Temos bloqueio Carnaval - Santiago, Buenos Aires e Nova Iorque. Solicite seu pacote agora para; yabatur@gmail.com ou ligue para platão yabatur; 71 9141-0487.

Daniel Boaventura faz show em Salvador dia 14 janeiro de 2012

A apresentação faz parte da turnê 'Songs 4U', lançada em Salvador no ano passado



No dia 14 de janeiro Daniel Boaventura volta a Salvador para mais um show da turnê Songs 4U - em abril de 2010 o artista lançou o trabalho na capital baiana. O evento que acontece no Teatro castro Alves tem repertório baseado no álbum homônimo dirigido por Guto Graça Mello. No show, o público curte versões de músicas famosas como 'Fly me to the moon', de Frank Sinatra, 'Love is in the air', de Paul Young, e 'Song for you', de John Miles e Bob Marshall.

Reservas e televendas Yabatur Cultural: 71 9141-0487
Valores confirmados: R$70,00 inteira*
*valor sujeito a cobrança de taxas de conveniência + entrega de acordo com a localidade.

sexta-feira, dezembro 09, 2011

Groundation in Concert – Salvador Green Festival

Groundation in Concert – Salvador Green Festival dia 10 de dezembro de 2011 no Bahia Café Hall.

A banda californiana Groundation que fará uma apresentação para lá de especial, um show com 2 horas de duração para seus fãs, que já estavam com saudade de ver seus maiores sucessos.

Informações adicionais ligue para 71 9141-0487 plantão 'yabatur cultural' dia 10.11.2011.

Luiz Miranda & Renato Piaba fazem dobradinha na temporada de verão 2012 do Teatro Jorge Amado.


Com direção de Ingrid Guimarães e texto de Luiz Miranda, que também estrela a montagem, a comédia 7 Conto reestreia em Salvador neste verão 2012 (4), no Teatro Jorge Amado. No palco, o ator discute o cotidiano e as contradições da sociedade interpretando sete tipos da vida real. 


Nos papeis de um flanelinha bêbado, uma atriz mirim negra e uma dona de casa desbocada, Luiz Miranda aproveita para trazer à tona temas como alcoolismo, exclusão social e o maltrato aos idosos, respectivamente. 



Alguns dos personagens que fizeram sucesso no Terça Insana, projeto de comédia que tem Luiz Miranda como um de seus criadores, também são apresentados na peça. Entre eles, estão Dona Edith, líder comunitária e apresentadora de um programa de TV da favela. 
SERVIÇO: Temporada a partir de 06 de janeiro até 04 de março de 2012.
&
Já RENATO PIABA reestreia também no mesmo dia, porém encerra antes a sua temporada de verão.

SERVIÇO: Temporada a partir de 06 de janeiro até 12 de fevereiro de 2012.
TELEVENDAS YABATUR: 71 9141-0487 (INGRESSOS EM DOMICÍLIO)

R$25,00meia*
*sujeito a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

terça-feira, dezembro 06, 2011

Alexandra Richter e Marcelo Valle em "A História de Nós 2" - No Teatro Sesc Cada do Comercio de 09 a 11 de dezembro...


Um dos maiores sucessos dos últimos tempos da temporada teatral carioca, A História de Nós 2 chega a Salvador a partir de 09 de Dezembro, no Teatro SESC. O espetáculo estreou em 2009 e conquistou a plateia carioca com as venturas e desencontros de um casal já separado, que revê a sua própria história na noite em que o marido vai buscar seus pertences no apartamento.
 Edu é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de se manter eternamente livre. Já Lena é uma mulher ‘partida’ entre carreira, maternidade e paixão.
 Dois personagens que, em cena, transformam-se literalmente em seis: Edu, Duca, Carlos Eduardo, Lena, mammy e Maria Helena, dando corpo e voz às diferentes ‘facetas’ de um mesmo homem e uma mesma mulher.    
História de Nós 2 (que também poderia se chamar A História de Nós 6) é uma comédia romântica estrelada por Alexandra Richter e Marcelo Valle que contracenaram juntos no espetáculo Divã. “Em 2006, eu e Marcelo tivemos a vontade de fazer uma peça juntos e já sabíamos que seria uma comédia sobre casais. Procuramos a Lícia, que nos apresentou esse texto. Nos apaixonamos pela peça, pré-produzimos, captamos e junto com Neco, Gustavo e Lícia montamos o que chamo de "o projeto da minha vida", conta Alexandra.
 O espetáculo transcorre na noite em que Edu, separado de Lena há algum tempo, vem buscar seus últimos pertences no apartamento. O derradeiro encontro do casal converte-se num ajuste de contas a um só tempo cômico e emocionante, onde tentam descobrir quem afinal causou a separação: a mulher, a mãe, a advogada bem-sucedida ou o marido, o adolescente eterno, o publicitário workaholic?
 Através de humorados e reflexivos flashbacks, os seis personagens ocupam a cena, enquanto no palco é tecida essa História de nós 2.
Para Marcelo o conteúdo de imediata identificação do público e a forma como a história é abordada, pelo viés da comédia, são os dois principais fatores do sucesso da peça.
 Em 2009, o espetáculo foi eleito pelo público (leitores do O Globo) como a melhor peça e, segundo Alexandra, “esta é a resposta, o público nos escolheu. Nosso próximo desejo é fazer a peça virar filme”, confessa ela.
Diretor de produção: Gustavo Nunes
Produção: Turbilhão de Idéias
Realização: Alexandra Richter, Marcelo Valle e Gustavo Nunes.
Patrocínio: Bradesco Seguros
Os protagonistas
Alexandra Richter é atriz, produtora e esteve em cartaz por três anos com Divã. Atuou ainda na peça Salada (da qual é produtora), também sob a direção de Ernesto Piccolo. Destaque para suas participações nos espetáculos Uma Loira na Lua, Toalete e Esse Monte de Mulher Palhaça. No cinema, atuou em Divã, de José Alvarenga. Na televisão, integrou o elenco fixo do humorístico Zorra Total, participou dos programas A DiaristaOs NormaisToma Lá Dá Cá e Carga Pesada, e também das novelas Laços de Família, Coração de Estudante e Passione , todos da TV Globo. Atualmente está no elenco do programa Os Caras de Pau.
Marcelo Valle é ator e produtor. Atuou em 17 espetáculos e produziu 8. É integrante da Cia dos Atores há 22 anos, tendo participado, entre outros, dos espetáculos MelodramaO Rei da VelaA Bao A QuA Morta e Cobaias de Satã, todos sob a direção de Enrique Diaz. Fora da companhia, foi dirigido por Felipe Hirsch, Christiane Jatahy, João Fonseca, Moacyr Chaves, Karen Accioly, entre outros. Com Divã, sob a direção de Piccolo, foi indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator 2005. No cinema, destaque para suas participações em Madame SatãOs Desafinados e Tropa de Elite. Na TV, participou de diversos programas de humor e das novelas CelebridadeParaíso Tropical.  Seu último trabalho na TV foi em Insensato Coração, como Julio. Teve também papel de destaque na novela Viver a Vida.
SERVIÇO
TEATRO SESC CASA DO COMERCIO/SALVADOR BAHIA
DIAS 09,10 E 11 DE DEZEMBRO
INGRESSO A PREÇOS POPUPARES: 20,00 INTEIRAE 10,00 MEIA
CLASSIFICAÇÃO: 14 ANOS
RELAIZAÇÃO E PRODUÇÃO LOCAL: MARLUCIA SIE PRODUÇÕES
INGRESSOS EM DOMICÍLIO: 71 9141-0487

segunda-feira, novembro 28, 2011

ED MOTTA SOLO em Salvador da Bahia dia 17 de dezembro...

ED MOTTA SOLO

Ed Motta despontou em fins dos anos 80, como o vigoroso
cantor e um dos compositores e produtores do Conexão
Japeri. Hoje, é um cantor, compositor, multiinstrumentista,
arranjador e produtor de trânsito internacional.
Em seu estilo, sem abrir da veia funk-soul, tritura
influências que vão do jazz à canção brasileira, das trilhas
sonoras de Hollywood ao rock, da música clássica aos
standards americanos, da bossa nova ao reggae.
Ed apresenta em seu show “Solo”, no Teatro SESC da Casa
do Comércio, a forma que suas canções ganham vida: no
piano e na guitarra apenas.
Num show que frequentemente apresenta em eventos
corporativos, Ed traz pela primeira vez a Salvador, o “Ed
Motta Solo”, onde o multinstrumentista se alternará entre
piano e guitarra e sua coleção de pedais dos anos 70.
E que, contará com a participação especial do grande
maestro, compositor, arranjador e saxofonista Letieres
Leite, que criou o grupo de percussão e sopro, a Orkestra
Rumpilez.
No repertório, Ed tem a chance de trazer de novo temas
de fora do show de estrada como Do You Have Other
Love?, Parada De Lucas, My Cherie Amour, The Coser I
Get To You, Ikarus On The Stars, etc. E claro, os sucessos
Colombina, Manoel, Fora Da Lei, Baixo Rio, Vendaval em
suas versões acústicas. Ed inclui também temas como Caso
Sério de Rita Lee e Roberto De Carvalho.

Ed Motta: Piano e guitarra

TEATRO SESC CASA DO COMÉRCIO

VALORES: R$ 80,00 INTEIRA E R$ 40,00 MEIA*

REALIZAÇÃO E PRODUÇÃO: MARLUCIA SIE PRODUÇÕES ARTÍSTICAS
*valores sujeitos a conveniencia e taxa de entrega de acordo com a localidade.
TELEVENDAS YABATUR:71 9141-0497

quinta-feira, novembro 24, 2011

'Deus da Carnificina' é um dos destaques em Salvador da Bahia

:
De Yasmina Reza. Escrita pela dramaturga francesa em 2006, a comédia tem muito que dizer e passa a mensagem na hora certa. É um exemplo de espetáculo que cumpre as funções básicas: diverte a plateia, promove uma reflexão e leva ao questionamento de posturas pessoais e coletivas. Julia Lemmertz e Paulo Betti formam um casal que encontra outro (interpretado por Deborah Evelyn e Orã Figueiredo) para resolver um problema que envolve seus rebentos: o filho deles, de 11 anos, quebrou dois dentes do outro em uma briga. A hipócrita troca de gentilezas inicial cede espaço às provocações assim que os pontos de vista se distanciam, e o perfil de cada um é redesenhado. Afinadíssimo, o quarteto explora contradições amparado pela equilibrada direção de Emílio de Mello. Estreia em Salvador no Teatro Caca do Comercio dia 02/12/2011. De 02/12/2011 a 04/12/2011.
Deus da Carnificina em SALVADOR

02, 03 e 04 de Dezembro
- Teatro Sesc Casa do Comércio
Ingressos em domicilio:
Sexta-feira:R$ 60,00 (inteira) – R$ 30,00 (meia)

Sábado e Domingo:R$ 70,00 (inteira) – R$ 35,00 (meia)
Televendas Yabatur: 71 9141-0487

segunda-feira, novembro 21, 2011

Roger Waters na turnê "The Wall"


Foram divulgados nesta quarta-feira (26) os preços e datas de venda para os shows de Roger Waters no Brasil em 2012. Em Porto Alegre (25 de março, no Beira rio) as entradas custam entre R$ 180 e R$ 500. No Rio de Janeiro (29 de março, no Engenhão) o valor varia de R$ 180 a R$ 600. Já em São Paulo (dias 31 de março e 1º de abril) o preço vai de R$ 180 a R$ 900.
A turnê do álbum "The Wall" (lançado em 1979) começou no ano passado na América do Norte e em 2011 seguiu para a Europa, sempre com ingressos esgotados. Antes disso, o disco só havia sido tocado na íntegra logo depois do lançamento e em julho de 1990, para comemorar a queda do muro de Berlim.
Um dos discos mais bem-sucedidos da carreira do Pink Floyd, "The Wall" (um álbum duplo conceitual) vendeu 23 milhões de cópias. Pouco depois, foi adaptado para o filme "Pink Floyd The Wall" (82), dirigido pelo cineasta Alan Parker.
Com uma infra-estrutura que pesa, no total, 112 toneladas e precisa de 21 caminhões para ser transportada, a turnê usa alta tecnologia para reproduzir o som original do álbum, escrito e produzido por Waters. O espetáculo conta com telões, som quadrafônico, efeitos especiais, fogos de artifício, o porco voador, bonecos infláveis, o famoso avião batido e as imagens originais de Gerald Scarfe.
A última vez que Waters havia vindo ao continente foi em 2007, tocando outro álbum do Pink Floyd, "The Dark Side of the Moon".
SERVIÇO
Roger Waters em Porto Alegre
25 de março
Estádio Beira Rio (Av. Padre Cacique, 891)
Ingressos: R$ 180 (cadeira descoberta), R$ 240 (pista e anel inferior), R$ 280 (cadeira coberta) e R$ 500 (pista prime)
Vendas Yabatur: 71 9141-0487
Roger Waters no Rio de Janeiro
29 de março
Estádio Engenhão (Rua Arquias Cordeiro, s/nº)
Ingressos: R$ 180 (setor superior), R$ 250 (pista), R$ 300 (setor inferior) e R$ 600 (pista prime)
Vendas Yabatur: 71 9141-0487
Roger Waters em São Paulo
Dias 31 de março e 1º de abril
Estádio Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 )
Ingressos: R$ 180 (arquibancada laranja), R$ 200 (arquibancada vermelha, arquibancada azul), R$ 240 (arquibancada especial), R$ 300 (setor inferior), R$ 450 (setor superior, setor 4), R$ 500 (setor 3), R$ 550 (setor 2), R$ 650 (setor lateral, setor 1), R$ 750 (setor VIP), R$ 900 (setor prime)
Vendas Yabatur: 71 9141-0487

quinta-feira, novembro 10, 2011

QUASAR CIA DE DANÇA em Novembro na Bahia

DIAS 26 e 27 de Novembro de 2011 em Salvador no TCA-Sala Principal
QUASAR CIA DE DANÇA 

O vigésimo segundo espetáculo da Quasar Cia de Dança, "Céu na Boca", tem como ponto de partida a curiosidade pelas leis físicas e teorias do universo. Propõe um diálogo entre o paraíso que desejamos e a realidade que nos é oferecida. Tem a sofisticação de movimentos já característica da companhia goiana nacionalmente reconhecida, e também traz inovações no estilo criado pelo seu fundador, coreógrafo e diretor artístico, Henrique Rodovalho. Os oito bailarinos em cena não representam personagens; são pessoas envolvidas em buscas diversas. Metáforas e antíteses pontuam a discussão ao longo do espetáculo. O céu é o ideal inatingível, e a boca, a realidade palpável. A trilha sonora reúne músicas eletrônicas contemporâneas e instrumentais reproduzidos pelas big bands há mais de 50 anos em todo o mundo. Henrique Rodovalho, um dos mais prestigiados coreógrafos do país na atualidade, criou em 2010, especialmente para o Balé Teatro Castro Alves (BTCA), o espetáculo "A Quem Possa Interessar".

Horários: 21h (sábado); 20h (domingo)
Ingressos (inteira): R$ 80,00 (A a P), R$ 60,00 (Q a Z) e R$ 40,00 (Z1 a Z11)*
*valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

terça-feira, novembro 08, 2011

Thiago Martins e Paloma Bernardi em "O Grande Amor da Minha Vida" estreiam em Salvador nos dias 25,26 e 27/11.

O ator Tiago Martins, que viveu recentemente o mau caráter Vinícius, na novela Insensato Coração, da TV Globo, estará encenando na sexta-feira (21), às 20h, no palco do Centro de Cultura ACM de Jequié, a peça O Grande Amor da Minha Vida, ao lado da atriz Paloma Bernardi, que interpretou na mesma novela a personagem Alice.

A peça é uma comédia romântica com texto inédito de Guel Arraes e João Falcão e direção de Michel Bercovitch. A peça estreou no dia 30 de setembro em Niterói, no Rio de Janeiro, permanecendo em cartaz por duas semanas, saindo em seguida para percorrer várias cidades do país. O texto fala da história de um casal que nasceu pra ser o amor da vida do outro.

- Como se comportar no primeiro encontro? O primeiro ano de namoro? Como viver uma grande cena de amor? Como enfrentar os problemas que podem surgir? Os encontros e desencontros, as diferenças de gosto, a incompatibilidade de gênios, a primeira grande briga, traição, o fim do amor… O fim? Sim, o fim. A produção local é de Astro Braynner Produções.

Serviço em Salvador: TEATRO CASA DO COMERCIO
Dias 25,26 e 27 de novembro sex e sáb às 21h e dom às 20h.
Ingressos R$30,00 meia*.
*valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.
Televendas: 71 9141-0487

sábado, novembro 05, 2011

R I C K Y V A L L E N retorna à Salvador no dia 12 de novembro e faz show


Local: BALI BEACH CLUB - SALVADOR/BA

22:30h   Av. Otávio Mangabeira, 11.988 - Piatã.

MESA ÁREA VIP R$300,00(4 PAX'S), MESA ÁREA STAND R$200,00, INDIVIDUAL ÁREA VIP R$75,00, INDIVIDUAL ÁREA STAND R$50,00*.
Televendas já: 71 9141-0487 begin_of_the_skype_highlighting            71 9141-0487      end_of_the_skype_highlighting
*valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

OS HOMENS SÃO DE MARTE... E É PRA LÁ QUE EU VOU!


RESumo
Os Homens são de Marte... E é pra lá que eu vou! trata do grande dilema vivido pelas mulheres solteiras: a busca de um grande amor. Toda mulher já foi, é, ou será protagonista desta história de aventuras, encontros, desencontros, solidões, equívocos, adrenalinas, ilusões, alegrias, dúvidas.
A peça faz uma crítica ao comportamento e a certos valores da sociedade, é uma visão bem-humorada desta mulher do terceiro milênio: independente, bem sucedida e com dificuldades de encontrar um homem que saiba compartilhar esta liberdade. No mundo todo, livros, seriados, filmes e peças que tratam do tema fazem grande sucesso de crítica e público.
Os Homens são de Marte... e é para lá que eu vou! conta a história de Fernanda, 35 anos, solteira, jornalista formada, mas trabalha com eventos, organiza festas de casamento. 
Fernanda está em busca do amor e se envolve tão intensamente com os vários tipos de homens que chega a ficar muito parecida com cada um deles, independente dos tipos físicos, das condições sociais, raciais ou econômicas. Cada homem que ela encontra pode ser seu grande amor, quem sabe? Fernanda se envolve com um político, um rico playboy, um alternativo do Sul da Bahia e um gay. O tempo que ela gasta com os homens daria para ter dado uma volta ao mundo e ainda ter estudado a história de todas as civilizações. A vida para ela sem um amor é uma vida em preto e branco.
Na verdade, a busca pelo amor pode ser uma oportunidade de aprendizado, mas para quem está solteiro não é assim, é castigo. Quem está solteiro quer encontrar um amor e ponto final, só não sabe como.
De uma forma muito divertida, mas também emocionante e com um final surpreendente, a peça fala do amor e da falta dele. Tudo isso com um tipo de humor que as mulheres são capazes de fazer muito bem: rir das suas  próprias desgraças
FICHA TÉCNICA
Texto e interpretação: Mônica Martelli
Direção: Victor Garcia Peralta
Figurinho: Marcela Virzi
Cenário: Clívia Cohen
Iluminação: Paulo Roberto
Trilha sonora: Jerry Marques
Direção de movimento: Márcia Rubim
Preparação vocal: Jacqueline Priston
Fotos: Lívio Campos
Direção de produção: Jerry Marques
Realização: Dig Produções Artísticas, Ltda.
Em Salvador apresentações no Teatro Casa do Comercio dias; 18,19 e 20/11 sex e sáb às 21h e dom às 20h.
Ingressos R$60,00 inteira*
*valores sujeitos à conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

sexta-feira, novembro 04, 2011

Tango, Bolero e Cha Cha Cha, sob direção de Bibi Ferreira,com Edwin Luisi



Sob direção de Bibi Ferreira, Edwin Luisi comemora 40 anos de carreira com a nova versão de Tango, Bolero e Cha Cha Cha, espetáculo com o qual recebeu prêmios como Shell, APCA e Mambemb. Ele dá vida a Lana Lee, uma transexual. 

O enredo se desenrola em torno de uma mulher e de seu filho, abandonados pelo marido e pai sem saberem o porquê. Dez anos depois, assumida a sua condição de transexual, ele volta para casa volta para casa de sua ex-esposa se passando por uma prima. 

O personagem toma tal atitude por sentir necessidade de manter a sua relação com a família e de explicar a sua opção de vida para ser compreendido, aceito e amado. No entanto, até falar a verdade, ele vai cometer várias gafes, gerando a desconfiança de sua ex-mulher.
Local: Teatro Casa do Comercio, dias 11,12 e 13/11 às 21h sex e sáb e 20h dom.
Ingressos em domicílio R$20,00 inteira*.
*Valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.
Televendas 71 9141-0487.

quarta-feira, outubro 26, 2011

OSESP - ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO

DIA 1º/11
OSESP - ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
O concerto terá a regência do francês Yan Pascal Tortelier e solos do jovem violinista ítalo-germânico Augustin Hadelich. No programa estão duas obras de Mendelssohn-Bartholdy e uma seleção de Cenas de Romeu e Julieta, de Prokofiev, feitas por Tortelier. 






Histórico:"Desde seu primeiro concerto, em 1954, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo –Osesp– trilhou uma história de conquistas, que culminou em uma instituição hoje reconhecida pela excelência. A Osesp tornou-se parte indissociável da cultura paulista e brasileira, promovendo transformações culturais e sociais profundas.
Nos primeiros anos, foi dirigida pelo maestro Souza Lima e pelo italiano Bruno Roccella, mais tarde sucedidos por Eleazar de Carvalho (1912-96), que por 24 anos dirigiu a Orquestra e desenvolveu intensa atividade.
Nos últimos anos sob seu comando, o grupo passou por um período de privações. Antes de seu falecimento, porém, Eleazar deixou um projeto de reformulação da Osesp. Com o empenho do governador Mário Covas, foi realizada a escolha do maestro que conduziria essa nova fase na história da Orquestra.
Em 1997, o maestro John Neschling assume a direção artística da Osesp e, com o maestro Roberto Minczuk como diretor artístico adjunto, redefine e amplia as propostas deixadas por Eleazar. Em pouco tempo, a Osesp abre concursos no Brasil e no exterior, eleva os salários e melhora as condições de trabalho de seus músicos.
Sala São Paulo é inaugurada em 1999 e, nos anos seguintes, são criados os Coros Sinfônicode CâmaraJuvenil e Infantil; o Centro de Documentação Musical; os Programas Educacionais; a editora de partituras Criadores do Brasil; e aAcademia de Música. As temporadas se destacam pela diversificação de repertório, e uma parceria com o selo sueco BIS e com a gravadora carioca Biscoito Fino garante a difusão da música brasileira de concerto.
A criação da Fundação Osesp, em 2005, representa um marco na história da Orquestra. Com o presidente Fernando Henrique Cardoso à frente do Conselho de Administração, a Fundação coloca em prática novos padrões de gestão, que se tornaram referência no meio cultural brasileiro.
Após as turnês pela América Latina (2000, 2005, 2007), Estados Unidos da América (2002, 2006, 2009), Europa (2003, 2007) e Brasil (2004, 2008), o grupo realiza em 2008 a primeira edição da Osesp Itinerante, pelo interior do estado de São Paulo, realizando concertos, oficinas e cursos de apreciação musical para mais de 70 mil pessoas – projeto desde então integrado ao cronograma regular da Orquestra.
Indicada pela revista inglesa Gramophone como uma das três orquestras emergentes no mundo às quais se deve prestar atenção, a Osesp inicia a temporada 2010 com o diretor artístico Arthur Nestrovski e o maestro francês Yan Pascal Tortelier como regente titular. Neste mesmo ano, realiza nova turnê pela Europa, apresentando-se em cidades como Viena, Salzburgo, Varsóvia, Colônia, Frankfurt e Madrid.
Em fevereiro de 2011, o Conselho da Fundação Osesp anuncia a norte-americana Marin Alsop como nova regente titular da Orquestra por um período inicial de cinco anos, a partir de 2012. Yan Pascal Tortelier, regente titular da orquestra entre 2009 e 2011, continuará a trabalhar com a Osesp como regente convidado de honra. Também a partir de 2012, Celso Antunes sera o novo regente associado da Orquestra."
Horário: 21 horas
Ingressos (inteira): R$ 50,00*

*valores sujeitos à conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

Flávio Venturini retorna à Salvador para apresentar seu novo show “Fotografia de um amor”


Resumo:"Um dos compositores mais gravados do país, Flávio Venturini retorna à Salvador para apresentar seu novo show “Fotografia de um amor” no Cine Teatro SESC Casa do Comércio, dias 28 e 29 de outubro, às 21h. Toda a suavidade e o romantismo, característicos das músicas do cantor, podem ser conferidos no show que mostra novas músicas, fruto de uma fase apaixonada e feliz de sua vida.
No palco, Venturini apresenta além das inéditas: “Estrela submersa” “Fotografia de um amor”, um repertório de grandes sucessos que foi trilha sonora de diversas gerações durante as décadas de 80 e 90, como: “Noites com Sol”“Todo Azul do Mar”“Mais Uma Vez”“Cidade Veloz” e“Quando você chegou”. O espetáculo ainda terá espaço para temas mais recentes como “Fênix”, “Céu de Santo Amaro”“Maquina do tempo”, entre outras.'
Apresentação nos dias 28 e 29 de outubro de 2011,  às 21h no Cine Teatro SESC Casa do Comércio.
Valor: R$ 60,00 (inteira) | R$ 30,00 (meia)*
*valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

sábado, outubro 22, 2011

CIA OS MELHORES DO MUNDO - DINGOU BÉUS

DIAS 12 e 13/11 em Salvador da Bahia





Resumo:"Uma das companhias de comédia mais aplaudidas no Brasil Os Melhores do Mundo apresentam o espetáculo Dingou Béus. Depois do sucesso de "Notícias Populares", com seu inesquecível Joseph Climber, e de "Harmanoteu na Terra de Godah", chegou a hora e a vez do sexteto antecipar os festejos natalinos com boas doses de humor com "Dingou Béus". A montagem apresenta uma visão bem humorada do nascimento de Jesus. Esta produção estreou em 1998 e desde então tem ganhado novas adaptações.Horário: 21 horas (sábado) e 20 horas (domingo)Ingressos (inteira): R$ 80,00 (A a W); R$ 70,00 (X a Z8) e R$ 60,00 (Z9 a Z11)"*

Local: TCA - Sala Principal.
*Valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

quarta-feira, outubro 19, 2011

sábado, outubro 15, 2011

Camila Baker está em temporada no Teatro Jorge Amado!


O espetáculo 'Camila Baker, uma comédia estranha', dirigido por Fernando Guerreiro, está em cartaz no Teatro Jorge Amado (Pituba) aos sábados, às 20h, e domingos, às 19h, até dia 30 de outubro. Com ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). A montagem sobre a vida de uma diva decadente dos palcos traz no elenco Fernando Marinho, Diogo Lopes Filho, Widoto Áquila, Rafael Rabelo e Pisit Mota.   
A peçaCamila Baker conta a saga da fictícia atriz de teatro (do título da peça) que abandonou tudo para tentar a sorte no show business. Sua história é contada a partir de flashbacks que relembram trechos de sua vida e de seus grandes espetáculos, entre eles, uma tragédia grega, uma peça de protesto, uma montagem teatral de vanguarda e outra infantil. Quando o espetáculo começa, a ex-diva do teatro está louca e desterrada em sua própria mansão, com aspecto decadente.
 
Além da própria Camila (interpretada por Fernando Marinho), moram lá sua irmã Virgínia (Rafael Medrado), seu filho Wolfgang (Pisit Mota) e sua fiel camareira Dorothy (Widoto Áquila), entrevada em uma cadeira de rodas. A história sobre a loucura e o fim da carreira de Camila Baker vem à tona quando a mansão recebe a inesperada visita de Jennifer (Diogo Lopes Filho). A trama guarda muitas reviravoltas e surpresas rocambolescas. Mas o humor negro e o nonsense ainda são a marca registrada do texto.
 
Camila Baker, uma comédia estranhaTeatro Jorge Amado (Pituba)
Quanto: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)*
Quando: sábados, às 20h, e domingos, às 19h, até 30 de outubro de 2011
Elenco: Fernando Marinho, Diogo Lopes Filho, Widoto Áquila, Rafael Medrado e Pisit Mota.
Realização: Canto Claro Produções Artísticas/ Responsável: Edyna Pereira
*valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

segunda-feira, outubro 10, 2011

Nos dias 21 e 22 de outubro chega a Salvador a COMÉDIA ROMÂNTICA,Alice e Gabriel!


CHEGA A SALVADOR, Alice e Gabriel
O DIÁRIO DE UMA PAIXÃO!
TEXTO: Jaime Celiberto
Direção: Johnny Massaro
Vencedora do prêmio Funarte de
dramaturgia juvenil em 2005 com
poemas de Ulisses Tavares e texto de
Jaime Celiberto. A Peça é um
manifesto contra a violência
urbana, tendo como pano de
fundo uma divertida e comediante
história de amor. Temas fundamentais
à adolescência como amizade,
internet, preconceito,
responsabilidade social, são
abordados.
 Resumo:
Dois jovens se conhecem em uma praia.
Apaixonam-se. Moram distantes, mas mesmo assim
estabelecem um relacionamento à base de emails,
telefonemas e encontros bem
esporádicos. O namoro dos dois é acompanhado
de perto pelo melhor amigo dele e a melhor
amiga dela. Ela aos 17 anos ingressa numa
faculdade de cinema e é ativista de um movimento
estudantil. Ele é um adolescente comum de 16
anos que ao tentar fazer parte da vida dela,
encanta-se com as pequenas descobertas da vida.
Uma comédia mais que romântica!
Ingressos em domicílio: R$30,00meia*
*valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.
Televendas Yabatur Cultural: 71 9141-0487

STAND UP A VIDA É UMA COMÉDIA,COM FÁBIO MORAES!


CHEGA A SALVADOR, O ESPETÁCULO “ A VIDA É UMA COMÉDIA “ COM
FÁBIO MORAES - Aplaudido por mais de 200 mil espectadores em 20 capitais brasileiras, o ator Fábio
Moraes é a mais nova revelação do humor brasileiro. Todas as quartas-feiras em cartaz em São Paulo no renomado teatro Procópio Ferreira. Há quatro anos em cartaz com a peça “A VIDA É UMA COMÉDIA” o ator e comediante interpreta durante o espetáculo cinco personagens de uma mesma família, além de um trecho baseado no formato stand-up comedy, no qual trata de assuntos como casamento, relacionamentos e muito mais. Na peça, os presentes vão conhecer a impagável Edicreuza, uma empregada que só trabalha para famosos, socialites e políticos; o Johnwando, personagem que fez o comediante conquistar o público Brasil no "Domingão do Faustão" no quadro "Quem Chega Lá". Johnwando é marido de Edicreuza e tem este nome artístico porque o pai era fã do John Lennon e a mãe do Wando. E não para por aí, ainda tem os filhos do casal, cujos nomes são Kiko, Dimirso e Carlos. O trio promete aprontar bastante durante o enredo. A direção do espetáculo é de Marcos Wainberg, diretor do quadro "Severino", do programa "Zorra Total", da Globo. Um espetáculo em que o público se identifica a todo o momento e se diverte do início ao fim. Vale a pena reunir a família para conferir!

SERVIÇO

Teatro Sesc Casa do Comércio - Dias 14,15 e 16 de outubro - Sexta e sábado ás 21h00 e domingo ás 19h00 - Classificação: 12 anos